Início | Noticias | Os Benefícios do Aleitamento Materno

Os Benefícios do Aleitamento Materno

Os Benefícios do Aleitamento Materno

A amamentação é uma pratica natural, capaz de trazer inúmeros benefícios para o bebê, como também para a mãe e a família. O aleitamento materno deve ser exclusivo até os seis meses de vida. Após esse período ele deve continuar, pelo menos até os dois anos de idade, em associação com a alimentação complementar. As vantagens do aleitamento materno são muitas. Confira.

 

  • O leite materno é o alimento mais completo e equilibrado, pois atende a todas as necessidades de nutrientes e sais minerais da criança até os 6 meses de idade.
  • Fácil de ser digerido, provoca menos cólicas nos bebês.

  • Colabora para a formação do sistema imunológico da criança, previne alergias, obesidade e intolerância ao glúten.

  • Contém uma molécula chamada PSTI, responsável por proteger e reparar o intestino delicado dos recém-nascidos.

  • O momento da amamentação aumenta o vínculo entre mãe e filho e colabora para que a criança se relacione melhor com outras pessoas. 


  • Previne a anemia.

  • A sucção ajuda no desenvolvimento da arcada dentária do bebê.



  • Quando o ômega 3 está presente no leite materno, o que varia de mulher para mulher de acordo com sua alimentação, ele ajuda no desenvolvimento e crescimento dos prematuros nos primeiros meses de vida.



  • Ajuda no desprendimento da placenta, contribuindo para a volta do útero ao tamanho normal. Com isso, também evita o sangramento excessivo e, consequentemente, que a mãe sofra de anemia. 



  • Protege a mãe contra o câncer de mama e de ovário.


  • Estudo publicado na American Journal of Obstetrics revela que a amamentação reduz o risco de a mulher desenvolver síndrome metabólica (doenças cardíacas e diabetes) após a gravidez, inclusive para aquela que teve diabetes gestacional.



  • A amamentação dá às mães as sensações de bem-estar, de realização, e também ajuda a emagrecer, pois consome até 800 calorias por dia (mas dá uma fome...). 



  • É de graça, natural, prático, e não desperdiça recursos naturais. 


  • Está sempre pronto para ser transportado e ingerido (não precisa nem aquecer).

  • Protege a mãe contra doenças cardiovasculares, segundo estudo realizado pela Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos. Para a pesquisa, foram analisadas 140 mil mulheres no período pós-menopausa, ou seja, com média de 63 anos, e o resultado mostrou que aquelas que amamentaram por mais de um ano tiveram 10% menos risco de sofrer com essas doenças, se comparado com aquelas que nunca amamentaram.

  • Bebês que mamam exclusivamente no peito até os seis meses têm menos risco de desenvolver asma e artrite reumatoide e recebem uma proteína que combate vírus e bactérias do trato gastrointestinal.

 

Referências:

https://brasil.babycenter.com/x2400130/amamentar-faz-tanta-diferen%C3%A7a-assim- Acessado em 26/07/2017

http://www.minhavida.com.br/familia/galerias/15431-10-beneficios-da-amamentacao-para-o-seu-bebe-  Acessado em 26/07/2017

http://revistacrescer.globo.com/Bebes/Amamentacao/noticia/2013/02/16-beneficios-da-amamentacao.html - Acessado em 26/07/2017