Início | Noticias | Noticias | Saiba quais alimentos não são recomendados na gestação

Saiba quais alimentos não são recomendados na gestação

Clínica de Medicina Preventiva faz todo pré-natal das gestantes-Cemeru

Cuidar da alimentação na gravidez é fundamental para a integridade da mamãe e do bebê. É por isso que, muitas vezes, não é recomendado se deixar levar por aquela velha história: “Agora você tem que comer por duas”. . . Não é bem assim!  Segundo avaliação médica, o aumento da quantidade nas refeições só permitido em apenas 10%. Então, uma mulher que consumia 2000 calorias por dia poderá ingerir 200 calorias a mais. O que na prática seria duas fatias de pão adicionais ao seu cardápio diário.

Durante toda a gestação não é aconselhável, principalmente no primeiro trimestre, a ingestão de alimentos crus ou mal passados que podem aumentar o risco de intoxicação alimentar e transmitir doenças. Já no segundo trimestre, a gestante pode sentir até mais fome do que tinha antes da gravidez e o cardápio pode conter ovos, derivados do leite, carnes, frutas, verduras e legumes. Além dos carboidratos, é necessário que as refeições sejam repletas de proteínas, vitaminas e sais minerais que auxiliam no desenvolvimento do bebê.

E as gestantes que possuem nosso Plano de Saúde contam com cuidados especiais na unidade “Medicina Preventiva”, localizada na Rua Cesário de Melo, em Campo Grande. Lá, as futuras mamães recebem todo acompanhamento pré-natal com a supervisão minuciosa de médicos obstetras, enfermeiros, nutricionistas, educador físico e psicólogo. Tudo isso é essencial para que, na hora do parto, ela possa se sentir mais segura e sentir menos dores, e a criança nascer com muita saúde. Não espere o dia de amanhã, cadastre-se aqui e receba a ligação de um dos nossos corretores!