Início | Noticias | Noticias | Como minimizar os efeitos da TPM

Como minimizar os efeitos da TPM

Dicas alimentares podem melhorar a qualidade de vida da mulher nestes dias

Quem é casado entende bem de tensão pré-menstrual (TPM). Ansiedade, mau-humor, alterações na concentração e uma vontade avassaladora de comer doces. Nem todas as mulheres são assim, mas acredite, 60% delas são. E a boa notícia é que uma alimentação direcionada pode ser uma das melhores estratégias para combater os efeitos desagradáveis do período. Aves, nozes e sementes, peixes e até banana podem ajudar na qualidade de vida.

Nutricionistas recomendam que as mulheres promovam a ingestão de alimentos ricos em magnésio. Alimentos como figo, aveia, beterraba, alcachofra, quiabo, abacate e banana são fonte deste nutriente, e são recomendados, especialmente, dias antes e durante o período menstrual.  Além disso, é importante incluir na dieta alimentos como salmão, azeite de oliva, nozes, castanha e linhaça para melhorar a circulação e reduzir o inchaço.

Vegetais também podem controlar o temperamento e a ansiedade da mulher, principalmente, os verdes escuros que são ricos em cálcio e ajudam a aliviar cólicas. Já o consumo de arroz integral, feijão, ervilha, aveia, trigo, soja pode amenizar a irritabilidade durante o período, enquanto a soja e seus derivados aumentam a disposição e reduz a fadiga.

O que evitar

Café e seus derivados são um dos primeiros que devem ser excluídos nesta fase. Reduzir o sal da comida e o excesso de doces e de álcool também é uma boa saída. O ideal é procurar fazer refeições mais frequentes, com menor quantidade de alimentos. Neste período, e até como rotina mesmo, dê preferência para frutas, vegetais, grãos e alimentos diuréticos como a melancia, aspargos, salsa, agrião e morango.

Atividade física

Os exercícios físicos fazem bem para o corpo e a mente, e segundo ginecologistas essas atividades liberam endorfinas que provocam sensação de prazer, relaxam o corpo, ajudam no funcionamento do intestino e reduzem o edema característico do período. Mas lembre-se, o ideal é praticar exercícios moderados. Atividades intensas podem agravar os sintomas da TPM.

Caminhada, trote, ciclismo, natação e hidroginástica, por pelo menos 30 minutos, quatro vezes por semana já é suficiente. Experimente, não é só o marido que vai sentir as mudanças e ser poupado da mudança de humor, você vai estar melhor consigo mesma. E quem sabe não é uma boa hora para uma mudança de hábito. Só depende de você!