Início | Noticias | Dicas Saudaveis | Sintomas da meningite podem ser semelhantes ao de uma gripe

Sintomas da meningite podem ser semelhantes ao de uma gripe

Mudança de estação verão/outono contribui para o contágio da meningite

Com as constantes mudanças de tempo, característica de quem mora na região sudeste, é comum que muitas pessoas apresentem um quadro de gripe forte ou moderada. Porém, às vezes, é algo mais grave do que uma simples gripe. Quem diria que febre alta, forte dor de cabeça, vômitos ou náuseas poderia ser uma meningite?  Pois bem, é por isso que a Cemeru vai explicar detalhamento os efeitos desta doença.

A meningite é uma inflamação das membranas que envolvem seu cérebro e medula espinhal. O inchaço associado à meningite geralmente desencadeia sinais e sintomas característicos desta condição como dor de cabeça, febre e pescoço rígido. Se há suspeita que você ou alguém em sua família tem meningite, procure assistência médica imediatamente. O tratamento precoce da meningite bacteriana pode prevenir complicações mais graves.

As causas

Geralmente, a meningite resulta de uma infecção viral, mas a causa também pode ser uma infecção bacteriana e, menos a comum, uma infecção por fungos. Como as infecções bacterianas são as mais graves e podem ser fatais, identificar a origem do problema é uma parte importante do desenvolvimento de um plano de tratamento. No caso da meningite, distinguem-se cinco causas principais: vírus, bactérias, fungos, parasitas e fatores não infecciosos.

Viral

Causada por uma infecção viral. Algumas pessoas podem ter sintomas durante 7 a 10 dias, enquanto outras podem ter sintomas por 3 a 4 meses. Muitos casos de meningite viral ocorrem devido a um grupo de vírus conhecido como enterovírus, comum no verão ou início do outono.

O vírus do herpes simples, HIV, caxumba, entre outros, também pode causar meningite e ela pode ser transmitida através de secreções biológicas (tosse, espirros, saliva, etc).

Bacteriana

Quando uma bactéria entra no organismo, ele pode levar ao desenvolvimento de meningite através da corrente sanguínea ou a invasão direta nas meninges. As bactérias mais comuns relacionadas à meningite são: Streptococcus pneumonia (Pneumococcus), Haemophilus influenzae e Listeria (Listeria monocytogenes):

Meningite Fúngica

A meningite fúngica se desenvolve como consequência de um fungo que se espalha pela corrente sanguínea. Isso acontece com pessoas que possuem sistema imunológico enfraquecido: pacientes com câncer ou AIDS. Embora não contagiosa, pode produzir os mesmos sintomas que outros tipos de meningite.

Contágio e prevenção

Como a meningite é uma doença de fácil transmissão, é necessário entender como ocorre o contágio. É recomendado como medida preventiva não partilhar alimentos e bebidas. Também é válido aumentar a frequência de lavagem das mãos o que diminui o contato com secreções como saliva, espirros ou tosse do paciente.

Deste modo, podemos dizer que a meningite pode ser transmitida de um indivíduo para o outro pela utilização dos mesmos copos, pratos e talheres; pela tosse, espirro ou saliva e pela partilha de alimentos ou bebidas, em alguns casos, até mesmo pelo beijo.