Início | Noticias | Dicas Saudaveis | Número de mortes por obesidade triplica nos últimos 10 anos

Número de mortes por obesidade triplica nos últimos 10 anos

As causas mais comuns de morte relacionadas à obesidade são as doenças cardiovasculares como o infarto e AVC

Mais de 40% das pessoas no mundo estão acima do peso, segundo dados do Ministério da Saúde. O levantamento é da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel). Os dados foram coletados em 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal. Por isso é de extrema importância acompanhamento médico detalhado do paciente, além de apostar na reeducação alimentar e na prática de exercícios.

Segundo nutricionistas da nossa rede própria, a boa alimentação contribui para a saúde como um todo e, além de ajudar na regulação do corpo humano, também age no combate de possíveis doenças.

- A alimentação saudável, rica em vitaminas e nutrientes, é capaz de proporcionar maior equilíbrio para o nosso corpo. Os bons hábitos ajudam a prevenir doenças graves, além de manter e desenvolver com eficiência a nossa saúde mental – conta a nutricionista, Laís, profissional que trabalha em nossa rede médica.

Atividade física

A prática de exercícios físicos é primordial para evitar a obesidade. Mas, os especialistas alertam que a atividade exige cuidados em casa ou na academia. É recomendado que, antes de se exercitar, seja feita uma avaliação médica para prevenir alguns riscos.

As atividades físicas melhoram a autoestima e o nível de concentração, além de deixar os reflexos mais rápidos e a memória apurada. Elas regulam a taxa de açúcar no sangue - reduzindo o risco de diabetes - retardam o processo de envelhecimento e auxiliam a construção e a manutenção da massa óssea.